terça-feira, 4 de novembro de 2008

Anos Incríveis - a série mais assistida nos anos 90

A melhor série...
Quem não se lembra daquela voz rouca de Joe Cocker, cantando With a Little Help From My Friends, enquanto era exibido um vídeo caseiro cheio de cenas de uma família típicamente americana? Quem nunca se arrepiou ou se emocionou ao ver aquele garotinho de 12 anos viver exatamente aquilo que já vivemos um dia? Pois é, sem duvida todo mundo já viu pelo menos um episódio ou acompanhou a série Anos Incríveis.
"Paul, Kevin e Winnie"
 

O primeiro episódio da série:
O primeiro episódio começa mostrando os fatos de 1968, com Kevin Arnold (voz crescida). Ele conta sobre ter entrado no ginásio, sobre ter nascido e crescido no subúrbio e, assim, o episódio começa.
Kevin, então com doze anos, está jogando Futebol Americano com os amigos e com seu irmão Wayne Arnold, um verão antes de começarem as aulas. A cena mostra, pela primeira vez, Gwendolyne "Winnie" Cooper e seu irmão de dezenove anos, Brian Cooper. Logo após ele relata que Brian fora ao Vietnã, lutar na guerra. As cenas seguintes mostram Kevin Arnold indo pela primeira vez ao ginásio, mostram sua primeira aula de Educação Física e sua primeira ida à diretoria. No fim do episódio, os pais de Kevin estão trazendo ele até sua casa, bravos com o problema da diretoria. Ao chegar, descobrem que Brian Cooper morreu na guerra. Kevin fica confuso com a situação e resolve dar uma volta e, ao chegar em uma árvore, encontra Winnie. Fica um momento sem o que dizer, mas depois se lamenta pela morte do irmão da garota. Senta-se ao lado e coloca seu casaco em volta dela. Em seguida, os dois se olham e dão o primeiro beijo. A cena final mostra um quadro parado em preto e branco dos dois se abraçando.
"Kevin e Winnie no parque em cena do primeiro episódio"

O último episódio da série:

A última cena acontece no dia 4 de julho de 1973, dia da comemoração do 197º aniversário da independência dos Estados Unidos da América.
Refletindo sobre como todos crescem e a infância chega ao fim, Kevin e Winnie têm seu último dia de paixão juntos antes de seguirem caminhos separados para sempre. Winnie vai à Europa para estudar história da arte, enquanto Kevin permanece nos Estados Unidos, casa-se e tem um filho. Eles mantêm correspondência por cartas durante oito anos. O pai de Kevin morre de ataque cardíaco dois anos depois e Wayne assume o negócio familiar de mobília. Os destinos de muitos personagens são resolvidos enquanto o narrador (Kevin adulto) nos diz: Crescer é algo muito rápido. Um dia você usa fraldas e no outro você vai embora. Mas as memórias da infância permanecem com você. Lembro-me de um lugar, uma cidade, uma casa como várias outras casas, um quintal como vários outros quintais, em uma rua como várias outras ruas. E o fato é que, após todos estes anos, eu ainda olho para trás: foram anos incríveis.
E agora......pra vocês que não assistiram o último episódio e ficam se perguntando o que aconteceu, seus problemas "acabaram de acabar".Aqui vai o último episódio pra todos assistirem :
Último Episódio - Parte 1/3

Último Episódio - Parte 2/3

Último Episódio - Parte 3/3

É isso ae galera, quem gosta dessa série, acho que deu pra matar um pouco da saudade dessa época né?? Particularmente acho que essa série foi uma das melhores já feitas sobre o assunto infância e adolescência!Espero que tenham gostado da postagem, comentem ae.....vlww!!!

11 Comentários:

luis alberto disse...

realmente...gostava bastante dessa serie....boa postagem
abraço

Filipe Carnage disse...

Essa série foi muito foda mesmo. Lembro de quando era um "garotinho juvenil" lá em Sampa e ficava assistindo coisas pelas quais passava ou ainda iria passar.
O mais legal eram os comentários e reações do Kevin quando ele espera uma coisa e acabava acontecendo outra.
Outro fato era a torcida que a gente fazia e a vergonha que a gente sentia pelo personagem quando acontecia alguma cagada, nós acabávamos sentindo um pouco das emoções que os personagens transmitiam com as situações que passavam.
Agora sou um marmanjo cabeludo e barbudo que curte metal e posta num blog doentio, huehehehe...
Valeu Anos Incríveis!

Cérberus disse...

granfina essa serie! alias, so as series antigas prestavam, essas de hj sao lixos

Tiago Ziviani disse...

realmente.......msm sendo o autor da postagem , nao podia deixar de comentar neh, po, essa serie eh muito fera ohh...td q acontecia com ele sempre acabava aconecendo algo = com a gnt!
tipo....como o filipe falou, sentiamos um poko das emoçoes deles tbm!!
e tbm copiavamos varias coisas pra nossa vida, melhor serie desse estilo!!
vlw!!

carlos henrique disse...

porra.....show de bola essa postagem hein...
suuuper legal e criativo mostrar o ultimo episodio!
abraço

igor santana disse...

orra....muito interessante a postagem...essa veio do fundo em?!!
euheuhuehh
mais tipow...bakana esse episodeo!
bao demais!!
abç

Fabiane disse...

Tiago tbm é túnel do tempo...srsrMuito bom mesmo...

Carlinha disse...

nossa....chorei na cena em q o kevin fala q o pai dele morreu!
mto triste....
mto bacana ter colocado esse episodio pra gnt poder assistir!!
brigadinha Tiago...
bjuus

Tiago Ziviani disse...

vlw fabi......realmente essa serie eh o maximo!!
eh dakelas q podem passar50 anos e as coisas abordadas serao as mesmas sempre!!
bju linda!!

saraiva disse...

Q gayzisse, essa série!!!

carlinete disse...

eu adoreiiiii tava atraz de algo sobre o seriado...