quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Falta de postagens? Let me explain...


Pois é pessoas, pessoal que acompanha o blog sentiu um sensível queda no ritmo das postagens por esses dias, mas tudo tem um motivo. Na verdade, por falta e um motivo temos vários. Após eu ficar sem PC logo no final de Julho, o que me deixou muito puto e desarmado, já era motivo mais que suficiente pra me lascar e diminuir o ritmo. Mas como desgraça pouca é bobagem, a desgraceira continua.
Quando estava pra voltar a postar vem a maldita empresa que me fornece a internet e resolve ficar frescando por mais de uma semana. Pra ajudar voltam as aulas na faculdade, somando ao trampo e outros problemas mais e temos uma criatura zicada².

Ê lasqueira de internet que não volta...

Aproveitando esses dias de trevas para minha pessoa em relação ao blog resolvi atacar o lado offline do blog, estruturar e colocar em atividade alguns projetos antigos que a muito estavam de molho aqui no CnB. As mudanças vão desde o layout do blog, algumas seções e até mesmo o nosso Staff. Se tudo der certo dentro de algumas semanas vamos estar com cara nova e o CnB regularizado.

Apesar de todos os contratempos eu não me martirizo não: as coisas poderiam ser muito piores. Só pra ilustrar segue esse texto:

Na favela dois homens entram num barraco arrastando um cara pelos braços.

Lá dentro, o Djalmão, um negrão enorme, limpa as unhas com um facão.

- Djalmão, o chefe mandou você comer o CÚ desse cara aí, que é para ele aprender a não se meter a valente com o nosso pessoal.

- Pode deixar ele aí no cantinho que eu cuido dele daqui a pouco.

Quando o pessoal sai o rapaz diz:

- Ô seu Djalmão, não faz isso comigo não, depois de enrabado minha vida vai acabar, tem piedade pelo amor de Deus ô homem santo!

- Cala a boca e fica quieto aí!

Pouco depois mais dois homens arrastando outro cara:

- Esse aí o chefe mandou você cortar as duas mãos e furar os olhos é para ele aprender a não tocar no dinheiro da boca.

- Deixa ele aí que eu já resolvo.

Daí a pouco chega outro pobre coitado:

- Djalmão, esse o chefe quer que você corte o pinto e a língua para ele não se meter com mais nenhuma mulher da favela!

- Já resolvo isso.. Bota ele ali no cantinho junto com os outros.

Mais alguns minutos entra outro:

- Aí Djalmão, esse aí é pra você cortar em pedacinhos e mandar cada pedaço pra família dele.

Nisso o primeiro rapaz diz em voz baixinha, baixinha:

- Seu Djalmão, por favor, com todo respeito, só pro senhor não se confundir: o cara do cú sou eu, tá?

Tá vendo? Conforme a gente vai conhecendo os problemas dos outros percebemos que o nosso nem é assim, um problemão...

Enquanto a casa não fica em ordem, que tal dar uma passeada no blog pra dar uma olhada nas postagens antigas.
Quem quiser colaborar também com postagens, críticas e sugestões é só entrar em contato aqui nos comentário ou diretamente no e-mail filipecarnage@hotmail.com.
No mais, nada mais.
Inté!

2 Comentários:

Nani disse...

Que texto motivacional...

Nunca mais vou reclamar dos meus problemas!!!
Kkkkkk!

=D

Milton disse...

problemas eu? tenho nada...minha vida é maravilha :P